Notícias
Morre o ex-presidente FAD, Carlos Simão
Bastidores
06.05.2012 - 00:45 - Acre

Faleceu, na manhã da sexta-feira, na cidade de Cuiabá (MT), aos 77 anos de vida, o ex-presidente da Federação Acreana de Desporto (FAD) Carlos Alberto Simão Antonio.

Educador, político e desportista, Carlos Simão presidiu o futebol acreano nos anos de 1972/1973. Ele assumiu o cargo de maior autoridade do futebol local no lugar do Major Werther, que pediu renúncia coletiva.

O presidente da Federação de Futebol do Acre (Ffac) Antonio Aquino Lopes, confirmou que haverá na rodada deste domingo um minuto de silêncio em memória de Carlos Simão, que também foi governador do Acre entre 1969/1970. Lopes confirmou ainda que homenagem será estendida também à ex-vereadora e sindicalista Maria Antonia, mãe do ex-jogador estrelado Gil, falecida também na sexta-feira.

Uma viagem na história

Dia 5 de abril de 1972, a diretoria da Federação Acreana de Desporto (FAD), encabeçada pelo Major Werther, pediu renúncia coletiva. O presidente em exercício da FAD, Aloisio Macedo Maia foi quem concluiu o mandato do Major Werther; todo o processo eleitoral para a escolha da nova diretoria também foi por ele presidida. Em 17 de abril de 1972, acontece uma Reunião Extraordinária de Assembléia Geral de eleição da nova diretoria, biênio 1972/1973. Essa reunião foi presidida pelo presidente em exercício da Mentora, Aloisio Maia. Estiveram presentes Lourival Marques de Oliveira e Fernando Castro (representantes do Estrelão); Sílvio Montenegro (do Independência); Miguel Chalub Leite (do Atlético Acreano); Eduardo Almada Brito (do Vasco da Gama); Almir Felício Abrahão (representante do Andirá Futebol Clube); Elias Mansour Simão Filho e Walter Félix de Souza (ambos do Atlético Clube Juventus), e João Lopes Filho (do Floresta Futebol Clube).

Nesta reunião, surgiu o nome do então deputado estadual Carlos Alberto Simão Antonio para dirigir a direção política da FAD. Houve uma votação secreta para a aclamação do candidato. Carlos Simão obteve 23 votos (unanimidade). A posse ocorreu dia 19 de abril de 1972. A nova diretoria ficou assim composta: Carlos Alberto Simão Antonio (presidente); Adel Derze (vice-presidente); Francisco Fernandes de Melo (1º secretário); Wilma Nolasco Dias (2ª secretária); Francisco de Assis James (1º tesoureiro), e Flávia Barros Pimentel (2ª. tesoureira). Outros membros Almir Dankar (Diretor do Departamento de Árbitros), e Domingos Pereira de Oliveira (Diretor do Departamento Técnico).

Em 31 de março de 1973, acontece nova reunião Extraordinária da Federação, desta vez para apreciar o pedido de renúncia do presidente fadense Carlos Simão. A reunião foi presidida pelo vice-presidente Adel Derze.

O trabalho desenvolvido por Carlos Simão, não apenas no desporto, mas também na política, foram elementos para os dirigentes do São Francisco [clube fundado em 10 de abril de 1967] homenagear o cartola com o nome do estádio da agremiação. A praça esportiva foi inaugurada em meados dos anos 70.

Fonte: Manoel Façanha
 

© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte