Notícias
Baré vence Roraima no estádio Ribeirão
Clássico
05.04.2010 - 09:01 - Roraima

Desta vez o maior Clássico do futebol do Estado, o Bareima (Baré x Roraima) teve o que os torcedores esperavam, ou seja, gols. Disputado no sábado de Aleluia, no estádio Ribeirão, o Índio da Consolata derrotou o rival pelo placar de 2 x 1 e largou na frente do 2º Turno do Campeonato Roraimense 2010.

Marcaram os gols barelista, Evandro e Neguinho enquanto o meia Léo Cutia que retornou ao Tricolor da Mecejana fez o tento de honra do Roraima. O jogador demonstrou que está em boa forma e apesar de sua atuação, sua equipe não conseguiu superar o Baré.

O ponta esquerda Rodrigues desceu pela esquerda e bateu forte mais o goleiro Carlinhos estava atento e fez a defesa. Em seguida Nailson foi até a linha de fundo e chutou quase abrindo o placar.

Com a volta do meio Léo Cutia ao Roraima o time passou a jogar melhor em relação aos jogos disputados no 1º Turno. Pedro se livrou de um adversário e bateu mais a bola passou rente a trave de Carlinhos.

Stanrley aproveitou falha de um zagueiro, entrou na área tricolor e por pouco não abriu o placar. Depois foi vez de Juninho, que pegou a redonda na esquerda e mandou uma bomba para boa defesa de Osmar.

O lateral esquerdo Everton do Roraima e o ponta direita Júnior do Baré levaram cartão amarelo do árbitro maranhense Mayron Reis Novaes, após se desentenderem em campo.

Após uma falta na meia lua do Roraima, a bola foi lançada na área e o zagueiro Evandro subiu mais que a zaga tricolor e abriu o placar numa cabeçada, aos 38 min.

Meia

O meia Léo Cutia tentou de todas as maneiras ajudar o Roraima a bater o Baré, inclusive no final do 1º tempo quando se dirigia para o vestiário, reclamou bastante com os companheiros de que os mesmos não estavam se empenhando durante a partida.

Numa cobrança de falta Léo Cutia quase empata, mais a zaga colocou a redonda para escanteio. Mais aos 15 min, o Roraima empatou. A bola foi cruzada na área, a zaga barelista não cortou a trajetória da redonda e Léo Cutia mandou a bola para o fundo das redes sem chance para o goleiro Carlinhos. Ao comemorar o tento, Cutia tirou a camisa e recebeu cartão amarelo. Em seguida o atacante Diego desceu com perigo e quase virou o jogo.

Aos 36 min, o Baré decidiu a partida. Através de uma cobrança de falta a zaga tricolor deu bobeira e Neguinho bateu. O goleiro Osmar ainda defendeu mais não o suficiente e a bola cruzou a linha no segundo tento barelista na partida.

No final do jogo o zagueiro barelista Anderson que já tinha recebido cartão amarelo, foi advertido novamente e recebeu depois o vermelho sendo expulso.

FICHA TÉCNICA
Baré 2 x 1 Roraima
Local: estádio Ribeirão
Árbitro: Mayron Reis Novaes do Maranhão;
Assistentes: Gean Carlos e Nilton Pereira;
Cartões amarelos: Pelego, Anderson, Patrick e Júnior (Baré) e Everton e Léo Cutia pelo Roraima.
Expulsões: Anderson (Baré).
Baré
Carlinhos, Papa-Légua (Pelego), Anderson, Luis Carlos, Patrick, Júnior (Wellington) e Juninho. Nailson, Sranrley e Carlos Alberto. Técnico: Fábio Luiz.
Roraima
Osmar,Valdecy, Bastos, Aurelio, Guilherme (Bruno), Everton (Tita) e Pedro. Léo Cutia, Diego, Didi (Henrique) e Rodrigo. Treinador: Dener.

 

Fonte: Jornal do Rádio
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte