Notícias
Diretoria azulina tenta a contratação de um meia de ligação
01.08.2008 - 07:54 - Pará

Depois de fechar a contratação do atacante Léo Guerra, vencendo o duelo com o maior rival, o Paysandu, para ter o jogador em seu elenco, o Remo busca agora a contratação de um meia de ligação, que tenha bom poder de finalização, bem ao estilo de Ratinho e Lenílson, que fazem parte do plantel do clube. Alguns jogadores são sondados pelo clube, mas, de acordo com o presidente Raimundo Ribeiro, o atleta só terá seu nome revelado após as negociações terem sido concretizadas. O dirigente mostrou-se irritado, ontem, com o vazamento da contratação de Guerra, que deve ser apresentado hoje, no Baenão, à imprensa.

'Por causa do vazamento dessa informação, quase a gente perde esse jogador (Guerra)', disse Ribeiro. 'Por isso, vamos tomar mais cuidado nas próximas contratações', avisou. O dirigente, no entanto, assegurou que Guerra, 32, já está contratado e que não existe perigo de o atleta tomar o rumo da Curuzu na chegada a Belém. 'Já está tudo acertado, sem problemas. O jogador deve chegar e, dependendo da vontade do treinador, fazer sua estréia o quanto antes', comentou.

O volante Otacílio, que chegou a ter seu nome especulado no Baenão, está descartado. O jogador, que passou pelo Leão em 2006, não foi sequer procurado pela coordenação azulina. 'Não sei de onde surgiu essa história de que o Otacílio estava sendo contratado', disse Papelin. Seguindo orientação de Ribeiro, o coordenador também tem se recusado a falar em nomes de jogadores. 'Primeiro vamos contratar para depois anunciar', avisou.

O novo reforço do Leão, Léo Guerra ficou de chegar na madrugada passada a Belém. O jogador vem para tentar acabar com o jejum de gols enfrentado pelo ataque remista, que em seis jogos só conseguiu balançar a rede dos adversários por duas vezes. O jogador já passou, entre outros clubes, pelo Fluminense, Volta Redonda e Vila Nova e Macaé. Guerra é um jogador rodado, com atuações de alguns clubes do exterior, como, por exemplo, o Örebro, da Suécia. O curioso é que, tanto no Volta como no Macaé, o jogador aparece na escalação como meia de ligação e não como atacante.

Fonte: Jornal O Liberal
 

© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte