Notícias
De virada, Ypiranga bate São Paulo e avança à semifinal
Amapazão 2018
17.04.2018 - 00:05 - Amapá

O Ypiranga venceu na noite desta segunda-feira o São Paulo por 3 a 2 no estádio Zerão, e carimbou sua classificação à semifinal do Campeonato Amapaense 2018.

A partida não teve muito primor técnico, mas parte disso pode se colocar na conta do tempo. Muita chuva caiu em Macapá antes da partida. O sistema de drenagem do estádio Zerão trabalhou bem, mas era possível ver algumas poças d'água no gramado. Sem a bola poder rolar com facilidade, foi o jeito usar jogadas aéreas e finalizar de longe. De acordo com os responsáveis pelo estádio Zerão, a chuva também causou uma queda de energia que paralisou a partida em cerca de 16 minutos no segundo tempo.

Com a vitória, o Ypiranga é o segundo time garantido para a semifinal do Campeonato Amapaense 2018. De quebra, o Clube da Torre chegou aos sete pontos e voltou a liderança do estadual com um ponto há mais do que o Santos-AP. Agora, o time tem que torcer para que o alvinegro não pontue nos dois últimos jogos que tem a fazer para não perder a liderança. Ou Macapá e Trem perderem, pelo menos, um jogo para continuar entre os dois primeiros colocados e garantir a vantagem do empate na próxima fase.

O São Paulo-AP se complicou de vez no Amapazão. Sem jogos para disputar na fase classificatória, o time já está com a calculadora nas mãos e terá que torcer para que o Trem ou o Macapá não pontuem mais do estadual para poder ficar com a 4ª e última vaga. Vale lembrar que tanto a Locomotiva como o Leão da FAB tem dois jogos para realizarem na primeira fase.

O Jogo – O São Paulo-AP entrou em campo mais ligado que o Ypiranga. Logo aos 9 minutos, o tricolor abriu o placar com Markejane em um belo arremate de fora da área. Após o gol, o jogo virou ataque contra defesa. O São Paulo-AP se fechou no setor ofensivo e deu espaços para o Ypiranga trabalhar a bola e criar jogadas. O atacante Balotelli foi o melhor jogador do negro-anil e teve várias chances de empatar a partida, mas parou no goleiro Hiago que fechou o gol e fez grandes defesas na primeira etapa.

Na volta do intervalo, o Ypiranga voltou a ter mais posse de bola, mas também a insistir nos cruzamentos para a área adversária. Já o São Paulo-AP continuou na retranca e poucas vezes chegou ao ataque. Aos 16 minutos, a partida foi paralisada após uma queda de energia no estádio devido a chuva.

De certa forma, a paralisação fez bem para o Ypiranga porque acalmou os jogadores. O gol de empate saiu aos 21 minutos com Caça Rato. Mas a comemoração durou pouco, pois, no minuto seguinte, Everton voltou a colocar o São Paulo-AP na frente do placar em uma jogada rápida de saída de bola. Com isso, o tricolor retornou a ficar na retranca e abdicar de atacar. Isso custou muito caro para a equipe, pois chamou o adversário. Aos 35, Lukinha voltou a deixar tudo igual e aos 45, Tony Love deu a virada para o Clube da Torre, após bola lançada na área e bate rebate da defesa do São Paulo-AP. No fim, ainda deu tempo para Paulinho Cascavel, do tricolor, e Lynconl, do Ypiranga, serem expulsos por discutirem em campo.

Foto: Rosivaldo Nascimento
Fonte: Globoesporte.com
 
© Copyright 2004 - 2018 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte