Colunistas
Ato lastimável
por Manoel Façanha



Infelizmente a agressão física praticada na última terça-feira (11) pelo jogador Alcione Marcelino, 34 anos, ao árbitro Marcos Nogueira durante a final do Campeonato Acreano de Futsal da 2ª Divisão é algo que eu jamais gostaria de relatar neste espaço, mas não posso me calar e deixar um episódio como esse passar despercebido aos meus olhos, pois a ocultação do fato serviria apenas para estimular a violência no meio esportivo.

As cenas da agressão física ao árbitro, esse sofrendo um traumatismo craniano, mostraram apenas o total destempero emocional do atleta Alcione Marcelino. Um craque de bola que, infelizmente, ao usar a força física para demonstrar sua insatisfação contra uma marcação do árbitro, manchou por completo sua brilhante carreira esportiva.

O episódio de agressão física ao árbitro virou caso de polícia e ganhou as redes sociais. O atleta, após o incidente, foi conduzido por militares a Defla para prestar depoimento ao delegado plantonista, sendo depois liberado, mediante a assinatura de termo judicial. O certo é que Alcione Marcelino, jogador experiente com passagem pelos grandes clubes do futebol do Acre, Distrito Federal e Amazonas, irá responder criminalmente pelo ato impensável ao árbitro Marcos Nogueira.

Nesta quarta-feira (12), o Sindicato dos Árbitros de Futebol do Acre (Sindafac) emitiu nota de repúdio ao agressor. O texto da entidade deixa claro que está providenciando todos os meios administrativos e judiciais cabíveis, inclusive na Justiça Desportiva, Cível e Criminal para buscar uma punição severa ao agressor. A nota finaliza com a seguinte frase: “A violência jamais poderá vencer e macular a beleza e a magia do esporte”.

AS CURTINHAS

Com uma vitória por 6 a 4 diante do Clube Atlético Brasileense, o Fluminense, da Bahia, conquistou o título do Campeonato Acreano de Futsal da 2ª Divisão.

Na tarde de ontem (12), um torcedor ligou para o programa Lance Esportivo da Rádio Difusora Acreana para denunciar a ausência de policiamento militar durante a final do Campeonato Acreano de Futsal da 2ª Divisão.

O certo é que a ausência de policiamento conspira favoravelmente para a ação do infrator.

No próximo dia 30 de setembro ocorre torneio beneficente ao jogador Gustavo Luz, craque do Campeonato Acreano 2014.

O atleta precisa passar por uma cirurgia de joelho. O valor do procedimento cirúrgico está estimado no valor de R$ 13 mil.

O valor da inscrição custa R$ 100,00. O campeão leva uma novilha e o vice-campeão um bônus de R$ 200.

O torneio será disputado no campo de futebol da Vila Campina, localizado próximo a cidade de Plácido de Castro.

Bom dia!

 
© Copyright 2004 - 2018 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte